Passeio por minha estante (1)

A leitura está em minha vida há tanto tempo que mal consigo determinar quando realmente passou a ter importância. No entanto, os livros só passaram a fazer parte de minha rotina, quando comecei a trabalhar em uma biblioteca escolar. Isso, em meados da década de noventa. O contato com tantos livros e com sua diversidade de assuntos, despertou de vez o amor a esse objeto. O pegar, sentir, folhear, admirar suas ilustrações quando presentes, tudo passou a ter um significado especial. Lá em casa, minha irmã mais velha tornou-se assinante do hoje extinto, Círculo do Livro. Dessa forma, através dela, eu e meus irmãos fazíamos pedidos de títulos de nosso interesse. Em pouco tempo, meu pai fez uma estante que pegava uma parede e ia até o teto. Lá, tornou-se nosso cantinho da leitura. Tínhamos de tudo: de Agatha Christie, Leon Denis, Clarice Lispector, Raquel de Queirós, Ken Follett, Trevanian, Vinícius de Moraes e tantos outros.

Quando há quatro anos, decidi morar sozinha, tive de fazer uma seleção do que me acompanharia pois o espaço era pequeno. Alguns títulos mantenho intacto em minha estante, contudo, muitos títulos passei adiante através de doações e deixados em espaços públicos através do projeto Bookcrossing Blogueiro, da página do blog Luz de Luma .

Hoje, topei um desafio feito pela Lunna Guedes, da Scenarium Plural, para participar falando de minha estante de livros. Para iniciar o desafio, selecionei três títulos com iniciais de meu nome. Dois deles, são de autores queridos que tive a honra e privilégio de conhecer pessoalmente.

Remédio forte é o título do livro de contos de Gláuber Soares, publicado em 2014 pela Terracota. Seus contos relatam a vida de pessoas comuns que, numa linguagem concisa, nos emociona, nos faz rir e viver experiências comuns com o qual nos identificamos de imediato.

Volta – se houver motivo para voltar, de Ana Costa. Livro autobiográfico no qual a autora expõe sua vida antes e depois do acidente vascular cerebral que sofreu em novembro de 2014. Suas dificuldades com a doença, demissão, separação, doutorado interrompido poderia tê-la afundado. No entanto, com determinação, coragem e humor, deu a volta por cima e se reinventou. Livro delicioso de se ler.

Primavera num espelho partido, de Mario Benedetti. Nunca tinha livro livros desse autor uruguaio. Foi uma bela surpresa vinda pelas mãos de minha cunhada que me emprestou seu livro para eu ler. Livro arrebatador, conta a trajetória de uma família separada pela prisão. Romance é narrado por diversas vozes incluindo o próprio Benedetti, que vivenciou a violência da ditadura e passou parte de sua vida exilado.

Durante a semana postarei aqui outros textos onde a minha estante será a protagonista. Conto com sua visita e seu olhar. E você, como é sua estante?

Esse post faz parte da maratona de maio e participam
 Alê Helga | Darlene Regina | Lunna Guedes |Mariana Gouveia 

11 comentários sobre “Passeio por minha estante (1)

  1. Tentando me lembrar de quando descobri Benedeti. Mas não consegui. Adoro esse autor, acho que já conversamos sobre ele. Maravilhoso. Usava sempre suas citações em posts antigos lá no sótão (segunda vez que falo nele nessa semana). rs
    Adorei o post, cara mia… e amei a quantidade de livros costurados por mim. Fico insuportável de ve-los assim, em fila. Os meus eu guardei em um baú até conseguir pensar um cenário para eles. Ando a pesquisar…

    bacio e boa semana para nós, com muitos textos sobre essa protagonista deliciosa: a estante.
    Grata por aceitar o convite.

    • Lunna, ainda que não tenho uma estante do jeito que quero. Por enquanto só em projeto. De qualquer modo, adoro vê-los enfileirados embelezando minha estante porque além de conteúdo de primeira, eles são lindos. Únicos! Bacio

  2. Oi Roseli!
    Participando da maratona e adorando conhecer novos livros e autores… Não conheço os que citou!!! Também cheguei a assinar o extinto clube, mas, não tive oportunidade quando adolescente ter uma estante de livros em casa para manusear quando quisesse. Hoje tenho estantes para admirar e manusear,emprestar e reler meus livros preferidos…
    Abraços

    • Oi Ale, bom ter você por aqui. Essa maratona é boa por isso. Conhecemos blogs, pessoas e livros. Bom demais! Se tiver oportunidade, conheça esses autores e livros. Abraços

  3. Olha, que ideia legal fazer a maratona com as iniciais do teu nome!
    Sobre as escolhas dos títulos, são autores e autora que não conheço, porém, parecem interessantes, em especial o último título, Primavera num espelho partido.
    Um enorme abraço!

    • Oi Darlene, bom te ver por aqui. Então, também gostei do desafio e minha proposta foi justamente trazer autores ainda não tão conhecidos apesar de Mario Benedetti ser bem conhecido e cultuado pelo mundo afora. Eu mesma não o conhecia e ler esse livro foi uma excelente apresentação de sua obra. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s