Entalhadas nas nervuras do corpo ser — semente — flor

(Nirlei Maria Oliveira, As estações)

Sou povoada por

— palavras

Percorrem a corrente sanguínea, inundam meu

— cérebro

Passeiam pelas retinas,

Se metamorfoseiam em

— saliva

Alimentam minha boca,

Aberta, inundam meu

— exterior

Sou pá, cavouco,

Sou lavra, trabalho, entalho

— Ideias

Nas dobras, se aquecem, aguardam

a hora certa de 

germinar.

 

 

Esse texto faz parte da blogagem coletiva Blogvember. Participam comigo:

Lunna Guedes – Mariana Gouveia – Obdulio Nuñes Ortega – Suzana Martins

Imagem gratuita: Pexels

Reengenharia

reengenharia

Faço/refaço/faço/refaço

Faço/refaço/faço/refaço

Faço/refaço/faço/refaço

Faço/refaço/faço/refaço

Faço/refaço/faço/refaço

Faço/refaço/faço/refaço

Disfarço…

Não faço!

Chega, não sou palhaço!

Imagem: Google