Beda 22 – *Tudo vai ser diferente quando eu abrir os olhos…

Aridez. O mundo sofre de vários estágios desse mal. O desequilíbrio ambiental é apenas um deles. Solo ressequido, afeta a vida vegetal. Nada como uma boa chuva para reacender a vida do que é verde. Após a tempestade, toda vida vegetal se ilumina. Parece até que as plantinhas sorriem para a natureza, agradecidas por saciarem a sede. Os rios, espelham com alegria o acúmulo da água recebida em seus leitos e toda vida abaixo da superfície, ficam em estado de graça.

Tenho refletido bastante sobre outro tipo de aridez: a que habita a alma humana. Quando essa resseca, não há creme rico em ácido hialurônico que dê jeito.

Lendo e assistido aos noticiários do mundo, chego a conclusão de que o ser humano está a um passo da extinção, devido ao enrudecimento de seus sentimentos e de sua visão turva diante da vida. A ganância, a ambição desmedida, o egoísmo, o orgulho. Juntos, causam um desastre em toda a sociedade. O consumo, gera pessoas insatisfeitas, a carência afetiva que desencadeia um buraco sem fim nos corações, a falta de oportunidades que estabelece desigualdade social, principalmente nos países do terceiro mundo. E por falar em terceiro mundo, esse termo ainda existe? Sei lá, de repente ando por fora das novas nomenclaturas da geopolítica mundial.

Não gostaria de citar a pandemia – tema pra lá de batido nesse um ano e meio de viver fora do eixo – mas não tem como fugir dela. Bem que gostaria…

Essa situação caótica, tem cavado um abismo cada vez maior entre as classes sociais, principalmente aqui em solo brasileiro.

Queimadas e desmatamento de nossas florestas, lixo hospitalar e doméstico nos litorais, perseguição às minorias, vandalismo em terreiros afro-brasileiro, assassinato de mulheres, índios e homossexuais, desemprego, desesperança… Destino? Será que temos e se tivermos, qual será?

Gostaria muito de saber que tenho vivido um grande pesadelo e que tudo vai ser diferente quando eu abrir os olhos…

Esse texto faz parte do b.e.d.a — blog every day august.

Participam Adriana Aneli — Claudia Leonardi — Darlene Regina – Lunna Guedes – Mariana Gouveia — Obdulio Nuñes Ortega

*Este post também faz parte do Projeto Blogagem Coletiva da Scenarium Livros Artesanais

5 comentários sobre “Beda 22 – *Tudo vai ser diferente quando eu abrir os olhos…

  1. É minha cara, as pessoas deram uma surtada nos últimos anos. Eu lembro bem quando escrevi que alguma coisa muito estranha estava acontecendo e que parecia que ninguém estava prestando atenção. Algumas pessoas gostam de falar em previsão e eu me aborreço com isso, porque prever depois que você percebe uma bola a rolar ladeira abaixo, fica fácil prever o desfecho. Oras… mas, evitar que a bola role dá trabalho e pede esforços. Por várias vezes eu fui considerada chata por alardear que estávamos a beira do caos. O bom é que é possível organizar o caos. Então, quem sabe a gente abra os olhos e perceba novos movimentos nesse sentido. Por enquanto não há…

  2. É verdade! Eu também sinto que o ser humano tá pra ser extinto em breve…o aquecimento global tá aí pra mostrar isso e a gente não se ajuda. Aliás, nunca se ajudou!

    Quem me dera se tudo isso fosse um grande pesadelo. Um “delírio coletivo”, e que amanhã ou daqui uma semana todos despertassem e fizessem melhor pra não viver tempos difíceis como esses.

  3. Torço muito para que tudo seja diferente ao longos dos dias, Roseli… mas, hoje, minha Chapada está em chamas e estamos na insuportável marca de 11% de umidade relativa do ar… fora, a secura da alma de algumas pessoas… mas, tenhamos fé. Não podemos nos deixar abater. Uma só pessoa que tocarmos já fará diferença. abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s