Beda 9 – Queijos e beijos

Saboreando o queijo de minas, lambendo os lábios, lembrei-me de você.

Recordei o sabor de seus beijos. Parecidos: o queijo e seus beijos. Ambos, salgados na medida certa, rigidez perfeita que se moldava aos meus lábios, se perdiam e se misturavam à saliva. Ambos, proporcionavam prazer, acalmando minha insaciável fome. 

Mastigo, estalo a boca, engulo. Termino esse pequeno prazer, saboreando uma xícara de café. Exatamente como fazíamos ao término do gozo mútuo. Após o descanso, seguíamos para a cozinha e lá, entre conversas, troca de mais beijos e afagos, saboreávamos nosso cafezinho. Complemento de nossos prazeres.

Você partiu. Parte do prazer, se esvaiu. O amargo de sua dispensa foi mais ácido que o pó extra-forte do café que bebíamos. Restou o velho ritual. Sobrevivo, comendo lascas do queijo mineiro, acompanhado de café amargo. 

Esse texto faz parte do b.e.d.a — blog every day august.

Participam Adriana Aneli — Claudia Leonardi — Darlene Regina – Lunna Guedes – Mariana Gouveia — Obdulio Nuñes Ortega

Imagens: acervo pessoal

7 comentários sobre “Beda 9 – Queijos e beijos

  1. Sei lá, me perdi no meio do texto, nem sei mais onde em que frase estou.
    Fiquei ali, existindo entre ontens que não são meus e que se confundiram-misturaram com coisas minhas. ai ai ai

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s