Muito bem acompanhada sempre!

Passei uma infância acompanhada por diversas trilhas sonoras que deixaram boas lembranças. Fui fã ardorosa da Jovem Guarda. Não perdia um programa deles. Aprendi a coreografia das canções da Wanderléa e sempre que podia, saracoteava seus gestos e requebros. Princípio da adolescência, caí de paixão pelos cabelos encaracolados, sorriso largo e canções que grudavam em meus ouvidos: “Ooh baby I love your way/Want to tell you I love your way/Want to be with you night and day” – my idol: Peter Frampton. Nem dormia direito e ouvi a exaustão o compacto comprado. Ahh… Dividi minha paixão com uma best friend da época, Eli. Por onde andará? Nunca mais soube dela.

Gentem, achei essa imagem no Mercado Livre, com meu nome! Coincidência? Parece minha letra…

Esse foi apenas o ponto de partida para falar sobre minha playlist do momento. Da década de 70 aos dias atuais, muitos sons ocuparam meus ouvidos.

Por exemplo: nesse exato momento em que escrevo essa postagem, ouço no Spotfy, Attention, Charlie Puth. Ouvi sobre esse jovem cantor, através de uma dica de meu Best Singer Pedro Mariano, numa de suas dicas. Pensei: nunca ouvi falar! Vou já descobrir. Desde a primeira ouvida, gostei e grudou. Virou cera de ouvido.

E já que adiantei e citei Pedro Mariano, esse é uma constante em minha vida musical desde idos de 1996. Filho de Elis Regina com César Camargo Mariano, só poderia vingar algo maravilhoso da união desses dois grandes talentos. Ouço sempre e já estou saudosa dos seus shows. Esse é seu trabalho ao lado de uma orquestra cujo título é DNA, lançado em 2018. Estive na noite de gravação do DVD.

Barry White, conheci também na década de 70 e ficou esquecido por longo tempo até que ganhei esse CD de um amigo. Ouvir sua voz grave e aveludada é bom demais!

Rod Stewart, é outro cantor que faz parte de minhas preferências. Sua rouquidão me agrada, suas canções me embalam e esse CD e DVD Unplugged… and seated.

Essa menina conheci em seu início de carreira e logo de cara, me apaixonei por sua voz doce, baixa, embalando o Jazz que tanto amo. Norah Jones está sempre presente nos momentos que desejo tranquilidade. Esse trabalho Feels like home, ao lado da Handsome Band é maravilhoso!

Desde pequena, sou amante de tudo que vem da França. Aprecio sua cultura incluindo aqui cinema, gastronomia, estilo de vida e música. Desse mesmo amigo que me presenteou com alguns CDs de sua vasta coleção, recebi também o trabalho da ZAZ, Paris, encore! Ah, como gosto de descobertas que me levam a sensações renovadas. Ouvi pela primeira vez e a partir daí, busquei mais dela pelo Spotfy e Youtube. É minha mais nova queridinha! Se não conhecem, vão atrás pois é bom demais!

E você? Conhece esses cantores que citei? Diz pra mim qual sua playlist do momento.

Essa postagem faz parte da blogagem coletiva de março e estão participando:

Mariana Gouveia Obdúlio Ortega Lunna Guedes Darlene Regina Bells

12 comentários sobre “Muito bem acompanhada sempre!

  1. Que delícia suas escolhas! Já conhecia todos e adoro. O rádio me proporcionou ouvir muitos artistas e alguns marcam mais.
    Abraço carinhoso

  2. Roseli, outros nomes que deixei de citar, mas que igualmente aprecio. Tirante Zaz, conheço os outros todos. A minha postagem circunscreve mais no Pop, mas gosto de ouvir jazz, R&B, Soul é peças clássicas. Um disco de Bach, resgatado do lixo (!) tocava sem parar quando adolescente. Grande seleção, a sua!

    • Obdúlio, passei por quase todos os estilos musicais. Já tive meu momento em que só curti MPB, depois Rock, depois Música clássica, New Age, Blues… Enfim, dependendo do meu estado emocional, é para um lado que a balança pende. Tirando sertanojo e pagode, o resto curto rs. Abraço e ótima semana

  3. Eu sempre ouço você falar do Pedro Mariano, mas não ouvi até hoje. Já fui ali no youtube para ouvi-lo enquanto vejo sua lista. Eu gosto de algumas músicas do Barry White, mas ouço apenas quando está no meio de outras. Ele era presença constante em um seriado que eu assistia e a música virou hit na época. Ally McBeal.
    Agora, o Rod é figura constante, aliás, eu o ouvi no sábado… tem algumas músicas dele que fizeram parte de certos momentos especiais. Acabaram sendo especiais para mim por ser especial para outras pessoas.
    E Zaz? Amo. Tenho dois álbuns dela. Maravilhosa… já viu alguns vídeos dela no youtube? Adoro o jeito que ela brinca com a voz e os instrumentos. Me lembra uma época anterior, quando os artistas ocupavam as ruas parisienses. ai ai ai

    • Amo Barry White, para eternos apaixonados.

      Conheço quase todos da sua playlist.

      Ultimamente escuto muito Azymuth, Hector Costita, Simply Res, Titãs no antológico LP Cabeça dinossauro.

      Concordo contigo que a emoção faz a playlist, mas sei que todos os dias preciso de música instrumental brasileira.

      A imagem do disco e ver teu nome achei surreal, poderia ser você ali, sua energia na tinta azul prensada no vinil. Amo essas relíquias em dedicatórias e amo a arte do vinil.

      Sobre a cultura francesa quero apresentar a você dois filmes, com certeza já os assistiu, caso contrário a melhor hora é agora: Meia noite em Paris e O fabuloo destino de Amélie Poulain. Na música Edith Piaf é uma loucura sz

      Obrigado pela história Roseli e por compartilhá-la com nós leitores.

      E me conte se já assistiu os filmes rs

      Beijosabraços

      • Vinicius, que legal seu comentário. Os músicos que você cita acima também gosto bastante. Cara, vinil é show. Na casa de minha mãe, tem uma vasta coleção feita por mim e meus irmãos na adolescência. Com relação aos filmes, sim! Sou amante dos filmes franceses e assisti mais de uma vez esses dois que já se tornaram clássicos. Abraços!

  4. Que delícia suas escolhas da playlist de momento. Neste momento estou ouvindo a música do Charlie Puth e vou já procurar mais músicas dele no Spotify (amei a voz e jeito dele cantar).
    Não conhecia também o Pedro Mariano, mas sendo filho da grande Elis Regina, dá pra saber que é sucesso! Mais um para ouvir no Spotify *-* Obrigada pelas dicas 😀
    Também sou amante da França, e ZAZ é uma das cantoras que mais gosto de lá; porém faz um tempinho que não a ouço, então tenho já que corrigir isso.
    Os outros cantores que você citou, conheço alguns trabalhos deles; mas bem poucos mesmo, então escutarei as sugestões do post.
    Abraços e ótima semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s