Passeio pela minha estante (6)

Leio muito, contudo, impossível ler todos os que desejamos. Falta tempo, falta fôlego para leitura. Muitas vezes, somos desviados de nosso caminho por outro título que chega chegando, atropelando o escolhido e se fazendo necessário. Sempre digo que é o livro que nos escolhe e não o contrário, como muitas vezes achamos.

Entre tantos títulos aguardando meus olhos para uma leitura – tem um em especial -, que pacientemente aguarda a hora de se jogar para uma aventura comigo. Já li outros livros do autor e tenho ele com o um dos maiores escritores do século XX.

As pessoas se espantam quando digo que ainda não o li. Não tenho pressa, a hora dele há de chegar

E você? Já leu Cem anos de solidão? O que achou? Diz aí nos comentários. Quem sabe me convence e eu o inaugure de vez, resgatando-o do limbo dos livros que aguardam eternamente para serem lidos.

Esse post faz parte da maratona de maio e participam
 Alê Helga | Darlene Regina | Lunna Guedes |Mariana Gouveia 

6 comentários sobre “Passeio pela minha estante (6)

  1. Boa noite, cara mia.
    Li esse livro já tem muito tempo…. quase que em outra vida. Foi um aprendizado. Aliás, foi baseado nele que inventei uma cidade, repetindo o feito do autor que criou Macondo para mostrar toda uma dependência do que não é nosso, alheio. Gosto da maneira não-politica que ele escolheu para dialogar nossas misérias e limitações. Preciso re-ler esse livro. Aliás esse e outros tantos.

    bacio cara mia
    Até amanhã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s