Bon voyage pour moi

Viajar e conhecer novas paisagens para mim é terapia. Assim como caminhar. Nas viagens, dou um tempo na persona que visto no dia a dia. Deixo de lado a mulher séria e preocupada com tantas questões cotidianas. Assumo o ser que sou: livre e simples .

Estou prestes a mais uma aventura fora de meu círculo diário. Um friozinho já conhecido se manifesta no meu centro . É bom sinal. Mala pronta, pontos turísticos delineados e anotados. No entanto, o que mais me atrai, apesar de minha aparente timidez, é conhecer pessoas.

Gosto de observar os diversos rostos anônimos que farão parte de meus dias turísticos. Ouvir diferentes sotaques é canção para meus ouvidos. Conhecer histórias locais, tomar consciência que há vida pulsante e saudável fora dos centros urbanos ao qual estou familiarizada.

Quando viajo, não gasto dinheiro comprando lembrancinhas para num futuro, recordar esses dias. O que trago nem pesa na mala. Posso até fazer uma brincadeira dizendo que o que vivi e presenciei, salvei nas nuvens. As fotos digitais até podem ser salvas por lá. Contudo, a vivência desses dias e as experiências gastronômicas, sensoriais e visuais – essas -, armazeno nas inúmeras gavetas de minha memória.

-Atenção, senhores passageiros com destino a…

É minha vez. Até o retorno leitores queridos. Quando por aqui aparecerei para compartilhar com vocês algumas situações que vale a pena registrar numa bela crônica.

Bon voyage pour moi! À bientôt!

Imagem licenciada: Shutterstock

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s