Poeminha amargo

Obscuro(antismo)

Paisagem

nebulosa

situação

vergonhosa

essa nossa

real(idade)

Sem direitos

só defeitos

sem moral

nem local

para viver

comer

trabalhar

morrer.

Esse é o país que

(não) deu certo!

Sigamos a procissão

Só nos resta orar

lamentar

vigiar

expurgar

a culpa

por não lutar

não se informar

não se responsabilizar

não

lutar,

lutar,

lutar…

rá tá tá tá Búm!!

calou Anderson,

tombou Marielle

se desfez Josés,

sumiu Amarildo,

anônimos

Esfacelou sonhos

esperanças

alegrias

carnavais

Caiu a máscara!

Amordaçaram a Bela

restou apenas a

Fera.

Esconde que ela vem aí!!!!!! 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s