Reinado de um Clown (à você, doutora Peteleko)

1618132_627063633997613_1506472988_o

 

Rodas pulsantes

circulam errantes

Limites impostos

vontade hercúlea

 

Ultrapassa obstáculos

Sua criatividade, sua vontade,

em si já é um espetáculo

Percorre a cidade

Faz sucesso com todas as idades

Agora é um personagem

sorrindo, faz caridade

Pintura de clown

Dança ao som de James Brown

Rodopia, canta, faz mesura

Sua face, pura candura!

Seu batismo foi um misto

De muita dor, amor e otimismo

Motivada por outros clowns,

Hoje se denomina Doutora Lírio

Lírio Peteleko, trajando seu jaleco

Branco como sua aura

Pura feito sua alma

Olhar doce e penetrante

Sorriso sempre radiante

Quem a vê, nem imagina as dores

que carrega consigo

 Mulher com alma de menina

Suplício intenso, alma de artista

Pinta feito Frida, sofre todas as dores

de Kahlo

De sua cadeira pulsante

Deseja ganhar o mundo

De seu trono itinerante

Espalha alegria e determina

que em seu reino, só impere

Felicidade!

Esse pretenso poema teve como inspiração minha irmã Edilene Pedroso ou, como muitos a conhece, Doutora Lírio Peteleko. Te amo menina! Esse, é pra você minha guerreira!

Anúncios

9 comentários sobre “Reinado de um Clown (à você, doutora Peteleko)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s