Trovadora do amor

cuore-musicale2

 

Busquei a Lua

perambulando pelas ruas,

tracejando calçadas, mirando o alto,

tropeçando no asfalto.

Encontrei luzes nos prédios

que te escondia

Deparei com nuvens que te camuflavam

procurei magia, não encontrei de dia.

Esperei a noite

só encontrei açoite.

Magoada, ferida, saí em busca do Sol

Encontrei trovadores a cantar e dançar

pelas ruas coloridas.

Juntei-me a trupe, aprendi as claves,

virei musicista.

Hoje tenho a Lua, o Sol, a natureza,

a me inspirar.

Trago você traduzido

em versos e notas musicais

 

Imagem: Google

11 comentários sobre “Trovadora do amor

    • Ops! O senhor sempre me pegando na curva hein seu Mariel? rsrs
      Vou te contar um segredo mas por favor não espalha pra ninguém: a melancolia sempre me acompanha. Mas não me importo não. É ela que me faz escrever. O dia em que ela se for acho que paro de escrever.

  1. Amo a dona branca redonda. Ontem ela estava especialmente reluzente, entre nuvens. Linda como uma tomada de cinema noir 😉
    Ah, essa busca sem fim dos apaixonados… Bela poesia.

  2. Roseli, gostei muitíssimo desse poema. Ele tem vários elementos que me encantam. A Lua, a noite, elementos da cidade, a músicas, os versos. Você escreveu de forma belíssima.
    Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s